Untitled-1

8/11 FÁBIO ADOUR

FABIO ADOUR

Professor da Escola de Música da UFRJ; ex-professor da Escola de Música da UFMG e do Conservatório Brasileiro de Música; Doutor em Educação pela UFMG; Mestre em Música pela UFRJ; Bacharel em violão pela UNIRIO. Desenvolve intensa atividade como solista ou camerista e compositores importantes, como Ricardo Tacuchian, Alexandre Eisenberg, Mario Ferraro e Marcos Lucas, já lhe dedicaram peças para violão solo. Na música de câmera evidenciam-se suas participações na Camerata de Violões do Conservatório Brasileiro de Música e no Quinteto Tim Rescala, ambos com CDs de destaque no cenário musical brasileiro. Atualmente é integrante do Abstrai Ensemble, grupo dedicado à música contemporânea, e do Duo Ganc/Adour, que trabalha na fronteira entre a música popular e erudita. Vem participando como professor de diversos Festivais de Música no Brasil (Festival de Inverno de Diamantina da UFMG, Pauta Contemporânea do SESC e Painel de Bandas da FUNARTE) e lançou recentemente o livro “Sobre Harmonia: Uma Proposta de Perfil Conceitual”, trabalho vencedor do Prêmio Funarte de Produção Crítica em Música 2013.


 

6o Concerto
Domingo, 08 de novembro

  1. Estudo Percussivo II (1994)
    Arthur Kampela (Brasil)
  2. Paráfrase II (2010)
    Ricardo Tacuchian (Brasil)
  3. Fantasia (2015)
    José Orlando Alves (Brasil)
  4. Brechianas (2010)
    Rodrigo Marconi (Brasil)
    I.
    II.
    III.
  5. Garatujas (2015)
    Mario Ferraro (Brasil)
    I.deslizando;
    furando/perfurando;
    flutuando/oscilando.
    II.golpeando levemente;
    talhando/lascando/cortando.
    III.torcendo/retorcendo;
    agitando/chicoteando levemente;
    apertando.
  6. Pentalogia (2000)
    Alexandre Eisenberg (Brasil)
    I. Entrada
    II.Interlúdio I
    III.Âmago
    IV.Interlúdio II
    V.Final

Festival Internacional de Música Contemporânea